INICIOPORTALNOTÍCIASDUVIDASPRINCIPAIS MARCASCONECTAR-SEREGISTRAR-SE

Compartilhe
LUAN B MACHADO
Admin
Mensagens : 363
Data de inscrição : 29/11/2017
Ver perfil do usuáriohttp://webcar.forumeiros.com
31032019
Ford assina termo de sigilo com grupo interessado na fábrica de São Bernardo, SP

Ford assina termo de sigilo com grupo interessado na fábrica de São Bernardo, SP 2019-010

Montadora se reuniu com representantes do sindicato do ABC e com o governador de São Paulo, João Doria. Não foi divulgado com quem ela negocia a venda da unidade.

A Ford se reuniu na última quinta-feira (28) com trabalhadores, o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e o governador João Doria (PSDB) para mais uma conversa sobre o fechamento da fábrica de São Bernardo do Campo (SP).

De acordo com o sindicato, a montadora assinou um termo de sigilo com grupo interessado na fábrica de São Bernardo (SP), que será fechada neste ano. Não foi informado com quem a empresa está negociando.

“Saímos esperançosos e animados da reunião. O governador se mostrou confiante com o encaminhamento das negociações, cujo conteúdo é tratado em sigilo comercial”, contou Wagner Santana, presidente do sindicato do ABC.

“Também reafirmamos a necessidade de garantir os postos de trabalho, que ele [João Doria] disse que tem sido a exigência constante nas conversas que vem tratando com os possíveis investidores”, afirmou Wagner.

A Caoa, parceira da chinesa Chery e importadora de modelos da Hyundai, já confirmou "conversas" com a Ford sobre a compra da fábrica. Não há, porém, confirmação de que negociações citadas na reunião da quinta sejam entre as marcas porque elas correm em sigilo.

Fechamento

A Ford anunciou que fechará a fábrica de São Bernardo do Campo, a mais antiga da montadora no país. A unidade emprega cerca de 3 mil pessoas e produz o Fiesta e 3 modelos de caminhões.

A medida faz parte da decisão de sair do mercado de caminhões na América do Sul, para retornar "à lucratividade sustentável de suas operações" na região.

Em 2018, a fabricante disse que produziu apenas 19% dos caminhões e 12% dos carros do total da capacidade instalada na unidade do ABC paulista, a única que contemplava veículos pesados da marca.
Compartilhar este artigo em:diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

Comentários

Nenhum comentário.

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum